Nestor Cerveró, delator ouvido hoje (26/05) como testemunha na 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, foi enfático ao afirmar não ter qualquer informação sobre os dois imóveis objeto da Ação Penal n. 5063130-17.2016.4.04.7000 – um imóvel que jamais foi do Instituto Lula e o apartamento alugado pelo ex-Presidente.

Também foram ouvidos Alberto Youssef, Fernando Soares e Milton Pascowitch que, embora também arrolados pelo Ministério Público Federal, não fizeram qualquer menção a Lula ou aos imóveis acima descritos.

A indicação de quatro testemunhas que não têm qualquer conhecimento sobre os fatos específicos que integram a denúncia contra Lula reforça o caráter frívolo das acusações ali contidas.

Cristiano Zanin Martins