Os advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva comunicaram hoje ao juiz Sérgio Moro que farão filmagem própria do depoimento marcado para o dia 10/05.

A petição mostra que o artigo 367, parágrafo 6º, do Código de Processo Civil, aplicável ao Processo Penal por força do artigo 3º do Código de Processo Penal, autoriza a parte a fazer sua própria gravação se o juízo também o fizer.

Na mesma petição também foi requerida a adequação do sistema de gravação do juízo, pois incompatível com a presunção de inocência.

Clique AQUI e veja a petição.