A defesa do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou hoje (15/02) à 13ª. Vara Federal Criminal de Curitiba perícia que demonstra que documentos estão sendo utilizados nos autos da Ação Penal nº 5037409-29.2017.4.04.7000, supostamente extraídos de cópia do Drousys, sistema de comunicação da contabilidade paralela da Odebrecht, apresentam “discrepâncias indicativas de manipulação”.

Veja aqui a Petição e o laudo parte 1, laudo parte 2 e laudo parte 3.