No final do dia de ontem (15/07) os advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolaram recurso dirigido ao próprio juiz Sérgio Moro (“embargos de declaração”) objetivando esclarecer omissões e contradições presentes na sentença proferida no último dia 12/07.

Após o julgamento desses embargos de declaração a defesa irá impugnar a sentença por meio de recurso de apelação, dirigido ao Tribunal Regional Federal da 4a. Região.

Confira AQUI os embargos de declaração.